Projeto

Projeto Entre Serras

O Projeto Entre Serras, rede de arte contemporânea, entre agricultura e biodiversidade tem por objectivo criar um espaço psico-cartográfico que se constitua enquanto rede de arte contemporânea entre Portugal, Espanha e França (Beira Baixa e Beira Alta, Regiões da Extremadura e de Castela e Leão, Departamentos dos Alpes de Haute-Provence e Bouches du Rhône …).

É um projeto cultural, social e científico que inclui ações artísticas colaborativas e transdisciplinares, comprometidas com as comunidades, tendo como objetivo favorecer o desenvolvimento local e em rede. Trabalhando in situ (intervenções no território) e in visu (visualização da documentação fotográfica e outras mídia através de exposições e de uma plataforma digital) os artistas convidados imprimem em cada um dos seus trabalhos um vínculo com o local de implantação da obra. Ao fazê-lo, destacam as histórias dos lugares, bem como fenómenos ligados às atuais problemáticas dos territórios rurais e urbanos de montanha (transformação das populações, paisagens, agricultura, biodiversidade, turismo, alterações climáticas…).

O PES pretende, pela experiência da colaboração com artistas, públicos e instituições, os quais produzem com as comunidades ações coletivas e obras destinadas a permanecer ao ar livre ou a serem exibidas em eventos, exposições e museus, questionar as interações humanas com os meios humanos e animais nos territórios de montanha.

Para as comunidades, participar nestas ações caminhando ao seu encontro ou fazendo mesmo parte do processo artístico, significa conectar-se com a montanha e com a realidade histórica, social, antropológica, ecológica no seu dia a dia. As obras podem existir no olhar dos espectadores e na sua memória, habitam o espaço, mas tornam-se também narrativas que se transmitem.

É importante lembrar aqui que os museus deixaram de ser apenas espaços onde é recolhido e preservado o que (nunca) desapareceu, para se tornarem espaços de diálogo e de reflexão a partir dos quais se podem re-inventar formas de habitar os lugares e a nossa terra.